[Mundo de Trevas] Jyhad: Guerra Santa – Chayah

Chayah
“Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.”
Apocalipse 13:18
Alcunha: Perdidos

Os Chayah são assim chamados porque é o que são considerados por seus irmãos. Eles são elohim que se prenderam tanto ao vislumbre do conhecimento de Daath que sucumbiram à loucura e se perderam da Aliança que fizeram com Demiurgo. 


Os Chayah não são uma casta propriamente dita. São formados por elohim (e anjos cristãos também, especialmente Protetore) que estudaram tanto a Árvore de Vida que acabaram vislumbrando o conhecimento proibido concedido por Daath, o mesmo ramo que causou a queda de Chorozon. Os primeiros Chayah foram discípulos de Chorozon e caíram junto com ele. Com o tempo, outros que cometeram o mesmo crime se juntaram a ele, dando origem aos Perdidos.

Pouco se conhece sobre os Chayah além do fato de continuarem estudando os mistérios de Daath. Os Perdidos afirmam que possuem o conhecimento de uma verdade oculta que pode trazer caos e acabar com a Cidade de Prata como ela é hoje.


Aparência

Os Chayah não tem uma aparência definida, eles podem ter a sobriedade dos Malachim, a mutabilidade dos Erelim, o ar sábio dos Seraphim ou a beleza dos Hamshalim. Os anjos cristãos encontrados entre os Perdidos tem a aparência de um anjo caído da casta equivalente.

Todos tem aversão ao encobrimento do conhecimento e da verdade. Onde estiverem farão tudo o possível para revelar o que estiver encoberto, prezando acima disso apenas o Conhecimento de Daath. Se este estiver em risco, o Chayah pára e regride.

Vivem quase sempre em castelos, cavernas ou criptas estudando todo tipo de conhecimento, seja qual for. Os mais antigos e poderosos conseguem se aproximar do ramo de Daath através de Spiritum e conseguem estudá-lo sem enlouquecer.

Organização

Os Chayah se organizam em grupos de estudo ou Cabalas, formadas por um numero indeterminado de membros, podendo ir de um único Chayah a algumas dezenas. São livres para estudar, mas ao ingressarem entre os Perdidos fazem um voto de nunca revelar a verdade que aprenderem de Daath para outros que não sejam Chayah. A única obrigação de um deles é obedecer o chamado de Chorozon quando este vier.

Missão

Aprender, Velar e Revelar o Conhecimento são os Três Pilares da missão dos Perdidos. Os dois primeiros ficam a cargo do próprio anjo, mas o último pode ser demandado apenas por Chorozon. No entanto, este se aplica somente ao conhecimento obtido de Daath. Qualquer outro conhecimento ou verdade que precise ser revelada, o deve ser.

Os Chayah também aguardam o chamado de seu mestre para revelar a verdade escondida, esperando ansiosamente retornar à Cidade de Prata.

Poderes

Aumento de Atributos, Asas Astrais, Benção, Binah, Caminho, Chokmah, Comunhão, Controle Mental, Daath, Defesas, Defesas Especiais, Disfarces, Glifo, Regeneração.

Poder Único – Daath

Este poder único dos Chayah lida com o aprendizado do conhecimento oculto, as verdades sombrias e o caos que eles podem trazer se revelados no momento errado. Além disso, esse poder também reflete a habilidade do Chayah em reverter o que está errado, criando renovação por onde passa.

Atenção, o nível que o Chayah pode aprender deste poder está condicionado ao seus níveis em Binah e Chokmah. Isto é, para aprender o Nível 1 de Daath, é preciso possuir Nível 1 em Binha e Chokmah. Para aprender Daath nível 2 é preciso possuir Nível 2 em Binha e Chokmah, e daí por diante.

Outra coisa, nenhum aumento de perícia proporcionado por este poder pode chegar a mas de 90%. Para subir além desse limite apenas com pontos de perícia ganhos de forma normal, com a experiência em jogo.

Nível 1: Caos no Entendimento. O anjo pode embaralhar a mente de um alvo, impedindo que ele consiga aprender qualquer coisa por um tempo de 1d6 dias. Toda informação que o alvo conseguir não será retida por mais que uma rodada, se perdendo em seguida. No entanto, após esse tempo, o alvo fará um teste difícil de INT, e caso passe, terá uma revelação, ganhando um ponto em algum perícia do subgrupo Ciências Ocultas, à escolha do Mestre.

Nível 2: Caos na Sabedoria. Após conseguir afetar a capacidade de entender o Universo, o Chayah também pode afetar a capacidade de interagir com ele. Sejam habilidades mundanas ou místicas, o Chayah consegue fazer com que o alvo não saiba aplicar o Entendimento no mundo. Em termos de jogo, ele consegue fazer com que ao usar uma perícia o alvo não consiga usá-la ou use outra perícia completamente diferente no lugar dela por 1d6 dias. Magos afetados também não conseguirão usar o caminho que querem, ou usarão outro caminho diferente daquele que precisam. Isso causará situações no mínimo embaraçosas para o alvo, já que ao necessitar usar uma Espada por exemplo, ele a operará como se fosse uma Pistola, por exemplo. Ao fim desse período, o alvo ganhará 1 ponto em alguma perícia, ou receberá algum benefício em pontos de magia temporários, se for mago.

Nível 3: Verdade Revelada. O anjo pode obrigar uma criatura a revelar qualquer conhecimento que esteja escondendo, seja místico ou mundano, e aprende uma pequena parte dele. Ele adentra a mente de alvo e realiza um teste de INT vs. WILL do alvo. Caso tenha sucesso, o mestre escolherá uma perícia que o alvo tenha maior que o anjo, e receberá até 1d6 pontos naquela perícia. Podem ser escolhidas perícias do subgrupo Ciências, Ciências Ocultas ou qualquer outra perícia cujo atributo base seja INT. Só funciona uma vez por alvo.

Nível 4: Vislumbre do Ramo Oculto. Neste nível, o Chayah adquiriu tamanha consciência do Universo que pode com um pensamento enxergar o ramo de Daath por alguns momentos. Ele pode, uma vez por sessão de jogo, usar este poder e irá ganhar 1 ponto para gastar em qualquer perícia de Ciências Ocultas.


Nível 5: Cruzar o Véu do Abismo. Após exaustivo estudo e meditação, o anjo agora sabe qual o segredo guardado por Chorozon. Ele passa a sabê-lo mas não pode contá-lo a nenhum outro, nem mesmo um Chayah. O jogador não sabe o segredo, apenas a personagem e o mestre, e cabe a este último guiar o jogador quando este quiser o Segredo de Chrozon, mas de forma a nunca revelá-lo. Como bonificação, a cada sessão de jogo a personagem ganha automaticamente 1 ponto para gastar em perícias do subgrupo Ciências Ocultas.

Nível 6: A Descida ao Túnel Oculto. Quando o jogador descobrir o segredo de Chorozon, ele poderá seguir a mesma jornada do anjo caído, indo em busca de conhecimentos e habilidades desconhecidos pela maioria dos seres de Satânia. Ele mergulha no túnel de Daath e emerge na raiz da Árvore da Morte, iniciando o estudo das forças entrópicas que corrompem os seres e são a raiz de suas fraquezas. Em termos de jogo, ele pode eliminar todos os aprimoramentos negativos de um determinado alvo, inclusive de si mesmo. Este poder funciona uma vez semana.