[Projeto BLT/Trevas do Oriente] Shindo Renmei

Shindo Renmei

Significa em japonês a Liga do Caminho dos Súditos.
Fundação: São Paulo, 1942.
Base: Bairro da Saúde em São Paulo.
Atuação: Cidades paaulistas com descendentes de imigrantes japoneses.
Personalidades: Junji Kikawa, Kamegoro Ogasawara.

Background

Quando da entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial ao lado dos Aliados após 1942, o governo de Vargas inciou uma série de atos repressivos contra imigrantes alemães, italianos e japoneses. Estes últimos eram talvez o grupo mais perseguido e estavam divididos em dois grupos.

Os Kachigumi eram o grupo mais numeroso e humilde da colônia japonesa, e também os mais fiéis ao Imperador Hirohito, acreditando na vitória do Japão e desejando retornar a pátria após a guerra.

Os Makegumi eram os menos numerosos, mas que haviam prosperado, e aceitavam a derrota japonesa. Era chamados de “corações sujos” pelos kachigumi e considerados por estes como traidores do Imperador e do Japão.

Entre os kachigumi havia um ex-coronel do Exéricto japonês, Junji Kikawa, um membro dos Magistrados Imperiais que foi enviado ao Brasil para tomar conta da colônia japonesa e fazer com que os japoneses aqui radicados continuassem obedientes ao imperador. Em 1942, após um grave e violento incidente ocorrido na cidade de Marília envolvendo brasileiros e japoneses Junji fundou a Shindo Renmei. A partir daí Junji conseguiu o apoio da maioria dos kachigumi, bem como dos Magistrados Imperiais no Japão, pois ambos passaram a financiar a organização.

A Shindo Renmei atuava em duas frentes: a guerra de informação, com a criação de panfletos, jornais e rádios clandestinas que pregavam a vitória do Japão na guerra; a segunda frente consistia em expurgar os “traidores” dentro comunidade japonesa, missão executada pelos Tokkotai, jovens treinados para executar os japoneses que se recusavam a acreditar na vitória do Japão. Com o tempo, a Shindo Renmei foi reprimida e perseguida pelo governo brasileiro, e em 1947 chegou ao fim oficialmente. Acredita-se que alguns membros da Shindo Renmei ainda continuem atuantes, mas de forma mais discreta e disfarçados sobre outro nome.

Características

Pelo menos dois membros da Shindo Renmei eram Magistrados Imperiais, sendo os outros apenas membros comuns da organização ou em sua maioria nem ligação direta tinham com os Magistrados. Seus métodos incluíam a guerra de informação e execução de traidores. Os líderes da shindo Renmei faziam listas de pessoas que deviam serem executadas, que eram entregues aos Tokkotai. Os Tokkotai seguiam um ritual de execução no qual entregavam uma carta de suicídio à vítima e exigiam que comtessem suicídio cortando o ventre com um punhal. Se a vítima recusasse, o Tokkotai a executava na frente da família.

Tokkotai

Custo: 1 pt. de Aprimoramento, 125 pts. de Perícia.
Perícias: Armas de Fogo (Escolha uma 20%), Armas Brancas (Katana 40/20), Esquiva 25%, Furtividade 25%, Manipulação (Intimidação 25%).
Aprimoramentos: Armas de Fogo 1, Contatos e Aliados 1, Pontos Heróicos 1.
Pontos Heróicos: 1 por nível.